quinta-feira, 30 de junho de 2016

Minuto Profissão : História Unoeste



https://www.youtube.com/watch?v=T-N_tSWh9mg

História UNOESTE nota 4 do MEC - Matricule-se para turmas de Agosto


O curso de Licenciatura em História na Unoeste estimula no aluno o gosto pela investigação e interpretação crítica dos acontecimentos históricos em seus vários aspectos: economia, sociedade, cultura, idéias e cotidiano. Durante o curso, o acadêmico estará em contato com disciplinas como Introdução aos Estudos Históricos, Historiografia, Memória Social e Pesquisa Histórica. A graduação em História, juntamente com a Geografia, possui um Núcleo de Ensino, Extensão e Pesquisa em Geografia e História (Neepegh), onde são proporcionados momentos de interação entre corpo docente e discente dessas licenciaturas com a comunidade externa. Este profissional pode atuar como professor nos ensinos Fundamental e Médio, participar de pesquisas da área ou interdisciplinares, assessorar entidades públicas e privadas nos setores culturais e turísticos e resgatar a preservação de patrimônios.

Dia do Caminhoneiro - Parabéns a todos os profissionais

Resposta: Profissionais da Fisioterapia nas escolas maternais da rede municipal




Resposta: Asfaltamento no Jardim Colina do Sol



Tchau Junho!!!!

Abraços aos aniversariantes


Bom dia

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Ferramentas virtuais otimizam o aprendizado de enfermagem

É possível ser 'gordo' e ao mesmo tempo estar em boa forma?

Peso não pode ser único indicador de boa forma: fique de olho na circunferência da cintura e saúde aeróbica

http://www.bbc.com/portuguese/geral-36590951

Entrega de cartão de prata para Jesus dos Santos Pereira (líder comunitário)


Aos aniversariantes


Oração a São Paulo

Oração a São Pedro

Dia de São Pedro e Dia de São Paulo



Hoje a Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida de São Pedro e São Paulo apóstolos

Estes santos são considerados “os cabeças dos apóstolos” por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários.
Pedro, que tinha como primeiro nome Simão, era natural de Betsaida, irmão do Apóstolo André. Pescador, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, seguiu ao Mestre, estando presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor, que lhe deu o nome de Pedro.
Em princípio, fraco na fé, chegou a negar Jesus durante o processo que culminaria em Sua morte por crucifixão. O próprio Senhor o confirmou na fé após Sua ressurreição (da qual o apóstolo foi testemunha), tornando-o intrépido pregador do Evangelho através da descida do Espírito Santo de Deus, no Dia de Pentecostes, o que o tornou líder da primeira comunidade. Pregou no Dia de Pentecostes e selou seu apostolado com o próprio sangue, pois foi martirizado em uma das perseguições aos cristãos, sendo crucificado de cabeça para baixo a seu próprio pedido, por não se julgar digno de morrer como seu Senhor, Jesus Cristo. Escreveu duas Epístolas e, provavelmente, foi a fonte de informações para que São Marcos escrevesse seu Evangelho.
Paulo, cujo nome antes da conversão era Saulo ou Saul, era natural de Tarso. Recebeu educação esmerada “aos pés de Gamaliel”, um dos grandes mestres da Lei na época. Tornou-se fariseu zeloso, a ponto de perseguir e aprisionar os cristãos, sendo responsável pela morte de muitos deles.
Converteu-se à fé cristã no caminho de Damasco, quando o próprio Senhor Ressuscitado lhe apareceu e o chamou para o apostolado. Recebeu o batismo do Espírito Santo e preparou-se para o ministério.
Tornou-se um grande missionário e doutrinador, fundando muitas comunidades. De perseguidor passou a perseguido, sofreu muito pela fé e foi coroado com o martírio, sofrendo morte por decapitação. Escreveu treze Epístolas e ficou conhecido como o “Apóstolo dos gentios”.
São Pedro e São Paulo, rogai por nós!
Fonte: Notícias Católicas

Bom dia

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Qual a origem dos nomes dos países da América Latina?

Thinkstock

http://www.bbc.com/portuguese/internacional-36630446

Edital Moradias Populares CDHU para Servidores Públicos


Requerimento: Piso antiderrapante nos banheiros das escolas municipais


Requerimento: Programa de Turismo Educativo na Rede Municipal de Ensino


Requerimento: Acessibilidade para pessoas Ostomizadas



nada como um belo domingo em família



Felicidades!!!!


Booom diaaaa

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Dia de Xangô

Felicidades


Oração a São João

Dia de São João


Grande anunciador do Reino e denunciador dos pecados, ele foi preso por não concordar com as atitudes pecaminosas de Herodes

Com muita alegria, a Igreja, solenemente, celebra o nascimento de São João Batista. Santo que, juntamente com a Santíssima Virgem Maria, é o único a ter o aniversário natalício recordado pela liturgia.
São João Batista nasceu seis meses antes de Jesus Cristo, seu primo, e foi um anjo quem revelou seu nome ao seu pai, Zacarias, que há muitos anos rezava com sua esposa para terem um filho. Estudiosos mostram que possivelmente depois de idade adequada, João teria participado da vida monástica de uma comunidade rigorista, na qual, à beira do Rio Jordão ou Mar Morto, vivia em profunda penitência e oração.
Pode-se chegar a essa conclusão a partir do texto de Mateus: “João usava um traje de pêlo de camelo, com um cinto de couro à volta dos rins; alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre”.O que o tornou tão importante para a história do Cristianismo é que, além de ser o último profeta a anunciar o Messias, foi ele quem preparou o caminho do Senhor com pregações conclamando os fiéis à mudança de vida e ao batismo de penitência (por isso “Batista”).
Como nos ensinam as Sagradas Escrituras: “Eu vos batizo na água, em vista da conversão; mas aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu: eu não sou digno de tirar-lhe as sandálias; ele vos batizará no Espírito Santo” (Mateus 3,11).
Os Evangelhos nos revelam a inauguração da missão salvífica de Jesus a partir do batismo recebido pelas mãos do precursor João e da manifestação da Trindade Santa. São João, ao reconhecer e apresentar Jesus como o Cristo, continuou sua missão em sentido descendente, a fim de que somente o Messias aparecesse.
Grande anunciador do Reino e denunciador dos pecados, ele foi preso por não concordar com as atitudes pecaminosas de Herodes, acabando decapitado devido ao ódio de Herodíades, que fora esposa do irmão deste [Herodes], com a qual este vivia pecaminosamente.
O grande santo morreu na santidade e reconhecido pelo próprio Cristo: “Em verdade eu vos digo, dentre os que nasceram de mulher, não surgiu ninguém maior que João , o Batista” (Mateus 11,11).
São João Batista, rogai por nós!
Fonte: Notícias Católicas